Presentes de Esperança - África

  • Presentes de Esperança - África
  • Presentes de Esperança - África
  • Presentes de Esperança - África
  • Presentes de Esperança - África
  • Presentes de Esperança - África
  • Presentes de Esperança - África
  • Presentes de Esperança - África
  • Presentes de Esperança - África

Estenda a mão a cristãos presos

Em diversos países do Chifre da África, ser cristão é um desafio diário. Não existe liberdade para servir a Jesus e muitos cristãos já foram presos por causa da fé. O seu apoio permite que eles sejam assistidos. Doando R$ 298,00 você faz com que um cristão preso receba apoio por 3 meses.


Projetos da Portas Abertas no Chifre da África visam apoiar financeiramente cristãos, pastores e líderes presos, juntamente com seus familiares. A ajuda vem de inúmeras maneiras: distribuição de alimentos, medicamentos, livros – itens raros na Eritreia, por exemplo, onde um pão custa aproximadamente sete dólares. Por questões de segurança, não podemos divulgar detalhes sobre este projeto.

No Chifre da África, a perseguição é muito alta, principalmente contra comunidades de cristãos ex-muçulmanos, pois não se espera que ninguém seja cristão. Por isso, muitas vezes ser cristão é sinônimo de martírio ou no mínimo de marginalização. Isso não deixa nossos irmãos com muita opção, a não ser ficar sem casa, sozinhos e sem esperança. No entanto, Deus usa seus meios para fazer ressoar sua voz e assim fortalecer os cristãos perseguidos. A região é composta pelos seguintes países: Eritreia, Etiópia, Quênia, Somália e Djibuti.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o governo da Eritreia vem cometendo crimes contra a humanidade ao longo dos últimos anos. Prisões, torturas e violência física têm feito parte da vida de muitos cristãos. Além disso, o país tem passado por uma escassez aguda de medicamentos e também de alimentos. Por causa da situação de pobreza e da falta de liberdade, milhares de pessoas tentam migrar para a Europa atravessando o Mar Mediterrâneo em botes que mal navegam. Centenas já morreram tentando. Cristãos que ficam no país são vigiados, pressionados a negar a fé e por vezes presos – trancados em contêineres de metal, onde lutam com o calor terrível durante o dia e temperaturas congelantes à noite. A prática de prender aqueles que se reúnem ou exercem qualquer outra atividade religiosa sem a autorização do governo já causou a prisão de mais de dois mil cristãos, alguns dos quais ainda permanecem na prisão depois de 11 anos.

A Etiópia é um país de maioria cristã, mas cristãos ex-muçulmanos são rejeitados pela família e comunidade. Na região da fronteira com a Somália, testemunhamos a perseguição por parte de radicais muçulmanos na tentativa de fazê-los negar a Cristo. Já no Quênia, militantes do Al-Shabaab fazem constantes ataques na fronteira com a Somália. Eles mataram dezenas de cristãos quenianos no ano passado.

Mais de 99% da população da Somália é muçulmana. Cristãos são martirizados com frequência pelo grupo militante islâmico Al-Shabaab; por isso, mantêm a fé em segredo. No Djibuti, apenas o boato de que alguém se converteu ao cristianismo é suficiente para fazê-lo perder os direitos de herança ou a guarda dos filhos.

“Você chega ao acampamento (prisão) em um caminhão, como um animal. O veículo é tão cheio que não é possível esticar as pernas. A menos que a sua família lhe traga comida, você passa fome. O pão é seco como pedra no calor, quase impossível de comer. Não há água suficiente nem para beber, quanto mais tomar banho. Se você puder tomar um banho uma vez por mês, terá muita sorte.”

Mateus (pseudônimo), cristão secreto do Chifre da África

  • O governo da Eritreia ainda vê os cristãos evangélicos como espiões que pretendem causar algum tipo de dano no país. A maioria dos cristãos precisa praticar sua fé em segredo. Ore para que o Senhor continue a edificar sua Igreja em meio a estas circunstâncias.
  • Muitos cristãos estão na prisão por sua fé ter sido descoberta. Ore para que o Senhor os sustente na prisão, fortaleça sua fé e os incentive diariamente através do seu Espírito.
  • A Portas Abertas está envolvida com a igreja no Chifre da África buscando encorajar cristãos através da oração, oferecendo apoio bíblico e assistência prática. Ore por sabedoria à equipe local, que nossos esforços sejam um incentivo para a igreja e que, acima de tudo, glorifiquem a Cristo.
Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105
CEP 04626-970
São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331
falecom@portasabertas.org.br