Juntos Pela África

  • Juntos Pela África
  • Juntos Pela África
  • Juntos Pela África
  • Juntos Pela África
  • Juntos Pela África
  • Juntos Pela África
  • Juntos Pela África
  • Juntos Pela África

Capacite cristãos africanos

Como resultado da ação de grupos extremistas, cristãos africanos têm de lidar com a pobreza extrema e profundas cicatrizes emocionais. Se não têm habilidades ou educação, tornam-se vulneráveis à exploração e são pressionados a negar a fé. O fato de crer em Jesus coloca em risco o sustento de toda a família. Mas um programa de capacitação socioeconômica tem os ajudado a viver o evangelho de uma maneira prática e é uma oportunidade para compartilhar o amor de Cristo e construir uma ponte para a comunidade cada vez mais hostil.


Além de orar pelos cristãos africanos, é possível ajudá-los com suas doações. Um projeto da Portas Abertas apoia mais de 10 mil cristãos na África Subsaariana neste ano por meio de programas de empoderamento socioeconômico. Esses treinamentos dão aos cristãos independência e dignidade para serem capazes de transformar as próprias vidas, família, igreja e comunidade. Sua doação os apoiará com:

• Treinamento para aprimorar a visão bíblica sobre economia.

• Formação profissional sobre projetos de sustento.

• Apoio às atividades geradoras de renda e à criação de projetos modelo.

A África Subsaariana é onde se encontram países como Eritreia, Etiópia, Mali, Níger, Nigéria, Quênia, República Centro-Africana, Somália, Sudão e Tanzânia. Embora a maioria dos governos garanta liberdade religiosa, na verdade os cristãos enfrentam perseguição severa por meio de ataques de radicais e, com frequência ainda maior, o isolamento da sociedade por causa de sua fé em Cristo. Cristãos enfrentam exclusão, discriminação, violência e também são privados de direitos básicos como alimento e saúde.

 “Executar um negócio bem-sucedido exige responsabilidade e é uma maneira de evangelizar as pessoas. Encorajo todos os cristãos a pregar por meio de seu estilo de vida. A palavra de Deus é Vida.”

Simon (pseudônimo), cristão beneficiado pelo projeto da Portas Abertas em sua barbearia

 

"Antes da formação da Portas Abertas, comecei a criar galinhas, mas o treinamento me ensinou a começar um pequeno negócio. Agora, eu sou considerado um especialista em criação de frangos e o negócio possibilitou comprar um pequeno pedaço de terra onde pretendo construir uma casa.” 

Joseph (pseudônimo), cristão ex-muçulmano, se tornou um granjeiro

 

“Hoje, sempre que as taxas [da escola] são quitadas, pagamos os serviços públicos, compramos comida e ainda nos resta um pouco para alimentar as crianças da comunidade, com mingau, uma vez por dia. Isso tem um impacto positivo na comunidade local.” 

Timothy (pseudônimo), apoiado em seu orfanato e escola

• Agradeça a Deus pela oportunidade que os cristãos de origem muçulmana têm com esse projeto que visa dar dignidade a pessoas devastadas pela pobreza e perseguição.

• Ore para que os cristãos tenham sabedoria para lidar com a questão financeira e gerir seu micronegócio ou fonte de sustento.

• Interceda pelos milhares de cristãos da África Subsaariana que sofrem com a fome e a pobreza. Ore para que sejam alcançados pela mão sustentadora de Deus e recebam o apoio que precisam.

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105 CEP 04626-970 São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331 falecom@portasabertas.org.br