Chifre da África - Formação de líderes

  • Chifre da África - Formação de líderes
  • Chifre da África - Formação de líderes
  • Chifre da África - Formação de líderes
  • Chifre da África - Formação de líderes
  • Chifre da África - Formação de líderes
  • Chifre da África - Formação de líderes
  • Chifre da África - Formação de líderes
  • Chifre da África - Formação de líderes

Oásis no deserto

Os cristãos isolados do Chifre da África precisam de líderes que possam discipulá-los e ensiná-los. Bons líderes podem agregar convertidos e assim estabelecer igrejas, conforme os cristãos desfrutam de um lugar seguro onde podem ter comunhão e crescer espiritualmente. Sua contribuição faz com que um líder seja treinado em áreas sensíveis do Chifre da África.


Novos convertidos, do Chifre da África, precisam ser orientados para permanecer firmes na fé diante da perseguição que enfrentam. Sem o auxílio de um bom líder, isso é praticamente impossível. Em áreas sensíveis do Chifre da África, a necessidade é ainda maior. Por medo de represálias, muitos cristãos preferem manter a fé em segredo e assim não participam da comunhão do corpo de Cristo. A Portas Abertas oferece treinamentos na língua local para que líderes sejam capacitados a desenvolver um ministério efetivo, oferecendo a esses cristãos um lugar seguro para congregar.

O Chifre da África é composto por cinco países que fazem parte da Lista Mundial da Perseguição 2018: Somália, Djibuti, Eritreia, Etiópia e Quênia. Uma região diferente de outras na África, onde o islamismo domina o cenário desde o começo do século 20. A Somália, por exemplo, é um país 99% muçulmano, onde a existência de cristãos não é aceita. Em muitos casos, cristãos ex-muçulmanos são expulsos de casa e da comunidade, acreditando-se que estão possuídos por um espírito mal. Na Eritreia, a principal fonte de perseguição é o próprio governo, que mantém muitos cristãos presos em condições desumanas.

“Minha família me expulsou. Meu irmão disse que minha fé era ‘haram’ [pecado que merece a morte]. Eles me procuraram muitas vezes para me matar”.
Ayaan, cristã somali que encontrou um lugar de refúgio nos estudos bíblicos da igreja secreta

“Quando eu perdi tudo que tinha, conheci a Portas Abertas, que me ajudou com medicação e sempre entrava em contato comigo. Eles me confortaram na hora da dor e trouxeram paz à minha mente”.
Farah, cristão que foi ameaçado pela polícia e separado da família por causa da fé em Cristo

“Embora eu queira dizer ao mundo que sou cristão, eu temo por minha vida. Mas Deus me possibilita sobreviver a esse isolamento”.
Hassan, que se converteu através do testemunho de perseverança do pai, mas vive a fé em segredo

•    Clame por paz e segurança no Chifre da África.
•    Ore para que a vida de cada cristão seja um testemunho do poder de Deus e que eles sejam ousados em anunciar o evangelho, como é o desejo de Ayaan.
•    Interceda para que os líderes cristãos sejam encorajados a desenvolver seu ministério mesmo diante das lutas e desafios. 
 

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105
CEP 04626-970
São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331
falecom@portasabertas.org.br