ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS

  • ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS
  • ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS
  • ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS
  • ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS
  • ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS
  • ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS
  • ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS
  • ÁSIA CENTRAL - CRISTÃOS SECRETOS

FORTALEÇA NOSSOS IRMÃOS

Os cristãos secretos geralmente se convertem de crenças predominantes no país de origem e, por causa de ameaças, precisam manter sigilo sobre a nova fé. Isso significa não cultuar em uma igreja, mas se reunir da forma mais discreta possível. Você pode ajudá-los a se fortalecer e ampliar seu conhecimento da Bíblia, discipulando novos convertidos. Com uma doação de R$ 94,00, os cristãos secretos receberão materiais de estudo, discipulado e treinamento bíblico.


Com a sua ajuda, a Portas Abertas auxilia os cristãos secretos a aprofundarem a fé, por meio de materiais cristãos, discipulado e treinamento bíblico. Isso permite que outros membros da comunidade sejam influenciados e alcançados. Esses irmãos geralmente não teriam acesso a redes de apoio ou materiais de capacitação, dificultando seu amadurecimento espiritual. Mas com a sua contribuição de R$ 94,00, eles recebem materiais de estudo, discipulado e treinamento bíblico que os ajudará a serem fortalecidos e receberem novo ânimo.

Existem comunidades de cristãos secretos em sociedades islâmicas e países budistas, hindus e comunistas. Em algumas nações, como a Coreia do Norte, Afeganistão, Somália e Arábia Saudita, não há igrejas visíveis, portanto, as comunidades cristãs só podem se reunir em secreto. Na Ásia Central, em países como Uzbequistão, Turcomenistão, Tajiquistão e Cazaquistão, que possuem regimes mais brandos, a conversão ao cristianismo não é considerada apostasia ou blasfêmia, mas uma traição às normas e valores da cultura dominante.

“Nós não estamos sozinhos e continuaremos contando às pessoas sobre Jesus. Nós não precisamos contar nossa identidade, precisamos contar sobre a dele.”

Rehanullah (pseudônimo), que foi o primeiro de sua casa a conhecer Jesus e hoje pastorei os cristãos de onde mora

 

“Quando eu contei para minha família que tinha me tornado um seguidor de Jesus eles me trancaram em um quarto escuro por 13 dias sem nenhuma comida.”
Nishan*, que hoje frequenta a mesquita, mas em seu coração ora a Jesus Cristo.


“Meu filho disse que precisa falar para os amigos e vizinhos sobre Jesus. Mas eu sei que se ele fizer isso, nós teremos muitos problemas e iremos enfrentar perseguição.”
Uma mãe da Ásia Central, que realiza encontros semanais e seminários com cristãos em sua

  • Ore pela Igreja Perseguida nos países onde os novos convertidos enfrentam sérias retaliações ao tornar conhecida sua nova crença.
  • Peça ao Senhor que guarde os cristãos em seus momentos de reunião, seja em casas ou locais inesperados.
  • Clame para que nossos irmãos sejam fortalecidos no Senhor e tenham estratégias para compartilhar o evangelho.
Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105 CEP 04626-970 São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331 falecom@portasabertas.org.br