Perseguidos, mas não abandonados

Perseguidos, mas não abandonados


Jovens cristãos são perseguidos pelo extremismo hindu na Índia

 

Reena*, de 19 anos, cresceu em um ambiente de perseguição e quase morreu por causa disso. Sua família indiana é ex-hindu, mas seus pais chegaram a fé em Jesus quando ela ainda era muito jovem. Ela conta que crescer em uma família cristã no centro de uma aldeia hindu é difícil. Ela e a família têm enfrentado vários desafios e mesmo tão jovem, ela conta o quanto são perseguidos e discriminados. “Quando era criança, era afastada de brincadeiras pelas próprias crianças. Eles sabiam que eu não era hindu e se afastavam por isso”. 

Mais tarde, Reena foi transferida para outra aldeia, e passou a viver em um albergue. Como era muito penoso aos pais sustentá-la longe, ela começou a dar aulas. Após meses, uma outra escola a chamou. “O diretor foi muito gentil comigo, me convidou para uma reunião de professores e me ofereceu alguns doces. Eu aceitei. E não me lembro de mais nada depois disso”. 

Ela foi drogada e sequestrada por 10 dias. Reena conta que ficou vários dias inconsciente e quando acordou notou que ainda estava com o celular. Ela ligou para seus pais e disse que estava presa em um lugar terrível. Os pais, então, acionaram a polícia que não fez nada durante três dias. Depois disso, o diretor e toda sua equipe foram presos, mas liberados horas depois. 

Reena acordou sozinha em um trem, em uma cidade muito distante de sua aldeia. “Mal podia andar e não sabia onde estava, descobri pelo nome da estação”. Uma amiga da cidade a ajudou e cuidou dela. Três dias depois, ela estava em casa.  

No meu desespero, clamei ao Senhor

Seu espírito estava quebrantado e ela não via mais um motivo para viver. Mas, durante um culto, Reena viu a luz de Deus atravessar a escuridão. A dor física e na alma tiveram fim. Ela conseguiu se reconectar com Deus. 

Seus problemas não acabaram. Reena teve que se mudar da aldeia e vive separada dos pais. O diretor da escola está com problemas por causa do sequestro dela e já prometeu vingança. Ela não se desespera. Ela sabe quem é Deus. A jovem rabisca o seu futuro. “Meu futuro será brilhante e não me cansarei de compartilhar o evangelho com meus amigos hindus”. 

*Nome alterado por segurança.

 

Pedidos de Oração
•    A cada ano, mais cristãos são severamente afetados pela violência extremista hindu. Ore para que nossos irmãos indianos enfrentem a perseguição em amor e sejam poupados.
•    Clame a Deus pelo trabalho da Portas Abertas, por meio de uma rede de parceiros na Índia, mais de 12 mil cristãos indianos recebem ajuda médica, psicológica e financeira. 
•    Ore pelos jovens cristãos ex-hindus na Índia. Eles estão sendo alvejados por ataques extremistas hindus, mas que permanecem firme em sua fé em Jesus. 

 

REALIZE O DIP EM SUA IGREJA. CADASTRE-SE

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105 CEP 04626-970 São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331 falecom@portasabertas.org.br