Um ditador transformado em servo

Conheça o testemunho do pastor Aliou, do Níger, que aprendeu qual o verdadeiro papel do líder
Um ditador transformado em servo Seu envolvimento transforma a vida, família e ministério de cristãos como o pastor Aliou

Aliou tem 37 anos, é casado e pais de dois filhos. Ele nasceu em uma família muçulmana do Níger e era fanático sobre a fé islâmica. Aliou odiava os cristãos. Mas um dia ele encontrou um livreto e começou a ler por curiosidade sobre os cristãos, que ele considerava mentirosos. O livro fazia a pergunta: Para onde você vai quando morrer?

Ele leu sobre o juízo final e, como sabia que era pecador, percebeu que tinha um grande problema. Isso preparou seu coração para receber o evangelho e, quando houve um evangelismo em sua cidade, ele e dois amigos decidiram dedicar a vida a Jesus. Então os três começaram a ser perseguidos pelos familiares e sociedade, que tentavam fazê-los voltar ao islamismo. Infelizmente, seus amigos não resistiram e desistiram da jornada com Cristo.

Aliou, porém, continuou servindo a Deus e depois estudou em um seminário teológico. Hoje, cuida de uma igreja no sul do Níger, onde os cristãos enfrentam forte pressão para retornar ao islã. Embora tenha aprendido a pregar , ele não foi ensinado a ser um líder-servo. “Eu era arrogante e dirigia minha família e a igreja como um ditador. Quando alguém oferecia ajuda, eu suspeitava, pensando que eram espiões que queriam prejudicar minha igreja”, compartilha o pastor.

Treinamento que faz a diferença

Agora Aliou testemunha como o curso de habilidades ministeriais da Portas Abertas mudou seu entendimento sobre liderança e administração da igreja. Ele afirma: “Em casa, eu comecei a discutir sobre questões como orçamento e criação de filhos com minha esposa. Agora resolvemos qualquer problema que surge juntos”.

Ele compartilha ainda que ensinou por quase três meses na igreja o que aprendeu no curso, o que gerou uma grande mudança. “Agora as pessoas tomam iniciativas e não esperam mais pelo pastor e presbíteros. Todos trabalhamos juntos pelo progresso da igreja e juntos estamos abençoando a comunidade”, afirma. Homens, mulheres e jovens participam de evangelismo em hospitais, prisões e lugares públicos. Também limpam áreas públicas e plantam árvores.

Aliou conclui agradecendo pelo investimento na igreja do Níger. Agradeça a Deus com ele e ore para que muitos outros sejam atraídos a um relacionamento mais próximo com o Senhor através do ministério dele e do testemunho de sua família e igreja.

Firmes na visão de Jesus
Você pode investir na expansão e fortalecimento do corpo de Cristo na África Subsaariana através de nossos projetos. Com uma doação, você possibilita que mais cristãos africanos sejam treinados para servir e exercer seu ministério.

 

Leia também
Apresente em oração pastor Martin, do Níger
Resultados da escolha de se tornar cristão
Cristãos perseguidos do Níger precisam de discipulado

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105
CEP 04626-970
São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331
falecom@portasabertas.org.br