Seguir a Cristo pode ser considerado um crime

Saiba mais sobre a questão na Lista Mundial da Perseguição 2019, que será lançada no dia 16 de janeiro
Seguir a Cristo pode ser considerado um crime Uma ferramenta para a igreja brasileira se conectar com a Igreja Perseguida

A cada ano, a Portas Abertas divulga a Lista Mundial da Perseguição. Essa lista consiste em um ranking dos 50 países onde a perseguição aos cristãos está mais presente e afeta a vida daqueles que professam a fé em Jesus Cristo. O ranking tornou-se referência quando o assunto é a Igreja Perseguida ao redor do mundo.

A Lista analisa a vida dos cristãos em várias esferas da vida, em dezenas de países. Por meio de questionários, pesquisas e cruzamento de dados, ela provê um quadro preciso das dificuldades que os cristãos enfrentam. Na conclusão da Lista, cada país recebe uma pontuação, segundo a qual seu lugar no ranking é determinado.

Estima-se que existam hoje mais de 215 milhões de cristãos perseguidos ao redor do mundo por causa da fé. Os relatórios da equipe de pesquisa da Lista constataram que a opressão vivida pelos cristãos está crescendo de uma forma geral, apesar das formas de perseguição variarem conforme cada região. Mas a verdade é que em muitas partes do mundo cristãos pagam com a morte ou prisão pelo “crime” de crer em Jesus. A Portas Abertas convida você a envolver-se com a Igreja Perseguida.

No dia 16 de janeiro você conhecerá a Lista Mundial da Perseguição 2019, onde encontrará conteúdo atualizado, como o mapa da perseguição e os perfis dos países. Saiba mais sobre a realidade dos cristãos perseguidos, a história de cada país, igreja, como acontece a perseguição aos cristãos e também motivos de oração específicos para cada país.

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105
CEP 04626-970
São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331
falecom@portasabertas.org.br