República Islâmica do Irã

República Islâmica do Irã

  • Tipo de Perseguição: Opressão islâmica
  • Capital Teerã
  • Região Oriente Médio
  • Líder Hassan Rohani
  • Governo República teocrática
  • Religião Islamismo (oficial), outras (incluindo zoroastrismo, judaísmo e cristianismo)
  • Pontuação 85

POPULAÇÃO
MILHÕES

POPULAÇÃO CRISTÃ
MIL

Quase 150 cristãos presos em um mês no Irã

Foram 114 prisões em apenas uma semana, número considerado alarmante
Quase 150 cristãos presos em um mês no Irã Junte-se aos nossos irmãos iranianos em oração pela liberdade e paz, contra a injustiça

Somente na primeira semana de dezembro, 114 cristãos foram presos no Irã, segundo a organização de direitos humanos Article 18. O diretor de advocacy da organização, Mansour Borji, afirma que as prisões são parte da tentativa do governo iraniano de “alertar” os cristãos contra o proselitismo durante as festas de fim de ano. Em apenas um mês (de novembro até a primeira semana de dezembro), um total de 142 cristãos pertencentes a diferentes grupos foram presos em dez cidades em todo o país. Borji considerou o número “alarmante”.

Ele contou que a maioria dos presos foram liberados algumas horas depois. “Como eles prenderam muitas pessoas, não sabiam o que fazer com eles”, afirma. Por isso, em alguns casos, os cristãos foram liberados, mas alertados de que deveriam aguardar uma ligação do Ministério de Inteligência. A polícia confiscou os telefones celulares de todos os que foram presos. Os que são suspeitos de serem líderes de grupos cristãos permanecem detidos.

Borji acrescentou que os cristãos tiveram que escrever todo o seu histórico de atividades cristãs e ordenados a não ter mais nenhum contato com outros cristãos. A agência de notícias aprovada pelo governo, Mehr, alegou que alguns dos detidos eram cidadãos estrangeiros que tinham tomado nomes iranianos.

A notícia das prisões veio na mesma semana em que a mãe de um prisioneiro cristão de longo prazo, Ebrahim Firouzi, morreu e foi enterrada sem que seu filho tivesse permissão de vê-la em seus últimos dias de vida, nem de ir ao funeral. Na prisão desde 2013, Firouzi pediu uma licença para assistir ao funeral de sua mãe, mas seu pedido foi negado.

Neste primeiro dia de 2019, Dia Mundial da Paz, ore para que a paz seja uma realidade para nossos irmãos iranianos que são presos por causa da fé em Cristo. Clame para que em seus corações reine a paz que excede todo entendimento, mesmo com todas as pressões externas.

 

Leia também
Casal cristão é preso no Irã
Ore por quatro cristãos ex-muçulmanos presos no Irã
Ebrahim Firouzi, preso no Irã, pede oração

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105
CEP 04626-970
São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331
falecom@portasabertas.org.br