Loading...
Loading...

nigeria

  • Fonte de Perseguição: Opressão islâmica
  • Capital Abuja
  • Região África Subsaariana
  • Lider Muhammadu Buhari
  • Governo República
  • Religião Islamismo 50%, cristianismo 40%, crenças nativas 10%
  • Pontuação 77

POPULAÇÃO
MILHÕES

POPULAÇÃO CRISTÃ
MILHÕES

“Eu deixei as trevas e agora estou na luz”

É o testemunho de Mercy, cristã sequestrada pelo Boko Haram que, depois de liberta, recebeu ajuda da Portas Abertas
“Eu deixei as trevas e agora estou na luz” As palavras de amor e apoio do mundo inteiro confortaram Mercy

Em 2004, Mercy Paul, foi uma das 276 meninas, em sua maioria cristãs, sequestradas por terroristas islâmicos do grupo radical Boko Haram. Por meio de uma campanha de governo, ela foi resgatada. Hoje, Mercy vive com o avô e se casou em novembro do ano passado com um rapaz que a ama independentemente de seu passado.

Através da Portas Abertas, Mercy foi cuidada de várias formas, recebendo assistência médica e aconselhamento pós-trauma. Ela também recebeu uma máquina de costura, com a qual pode ter um meio de sobrevivência. “A máquina de costura é uma grande fonte de renda para mim e meu avô. Com os ganhos do meu trabalho, posso cuidar da minha família. É uma grande fonte de consolo para mim”, diz com alegria.  

Em 2016, a Portas Abertas também organizou uma campanha de cartões para ela. Ao receber o pacote com os cartões do mundo inteiro que escreveram para ela, Mercy não pôde conter as lágrimas. Ela pendurou os cartões em um cordão em sua casa, e disse: “As cores nos cartões me lembraram que eu tenho uma nova vida em Cristo. Eu não entendo a língua, mas as cores ministram ao meu coração”.

Agradeça a Deus pela maravilhosa cura e livramento que ele operou na vida de Mercy. “Eu deixei as trevas e agora estou na luz”, testemunha. Ore por ela e seu marido, conforme iniciam a vida a dois, para que continuem crescendo juntos em Cristo. Peça também pela vida do avô que é idoso e enfermo.

Leia mais:
Mercy está bem. Escreva para ela
Cristã relata sobre seus dias no cativeiro
“Eu pulei”: a fuga de uma jovem sequestrada pelo Boko Haram

 

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105 CEP 04626-970 São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331 falecom@portasabertas.org.br