Cristãos são punidos por participar de reunião de oração

Sete homens foram multados e dois deles presos e acusados por realizar atividades ilegais
Cristãos são punidos por participar de reunião de oração Sete cristãos foram multados e dois deles presos por se reunirem para orar (Foto representativa)

No início desta semana, em uma cidade da Ásia Central, um grupo de sete cristãos foram levados à justiça local. Eles foram presos e acusados por realizar encontros e atividades ilegais. A realidade é que eles estavam reunidos em um encontro de oração ocorrido na casa de um deles. O governo cria condições constantes de pressão aos cristãos, o que torna ainda mais difícil se manter fiel.

Todos os homens foram multados, cinco deles em 115 dólares cada, totalizando 575 dólares, e os outros dois, o pastor e seu assistente, em 1.150 dólares cada, sendo 2.300 dólares no total, valores altos devido aos salários serem baixos na cidade. O pastor e seu assistente também ficarão presos durante dez dias, já que esta é segunda prisão ocorrida pelo mesmo crime neste ano.

A Ásia Central compreende países como Azerbaijão, Cazaquistão, Quirguistão, Rússia, Tajiquistão, Turcomenistão e Uzbequistão. Destes, quatro estão na Lista Mundial da Perseguição 2018, sendo que a principal fonte de perseguição é a paranoia ditatorial e o islamismo é a religião predominante.

Pedidos de oração

  • Ore para que os irmãos tenham oportunidade de pagar as multas, que são altas.
  • Peça que o Senhor fortaleça a fé deles e que se encontrem em segurança.
  • Apresente as famílias deles, para que possam dar suporte a eles, principalmente em situações como essas.

Leia também
Cristão ex-muçulmano é vigiado por Segurança Nacional
A importância das igrejas domésticas na Ásia Central
Treinamento é oferecido para cristãos surdos

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105
CEP 04626-970
São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331
falecom@portasabertas.org.br