Nosso Trabalho

Temos como princípio ouvir primeiro as necessidades dos cristãos perseguidos, identificar os problemas e entender seu contexto para, então, planejar o socorro

 

Cada projeto da Portas Abertas é adaptado à cada situação, mas eles podem ser classificados em:

  • Distribuição de Bíblias e literatura cristã
  • Treinamento e alfabetização
  • Ações institucionais (Consultoria Jurídica, Pesquisa e Presença)
  • Ajuda socioeconômica

 

Distribuição de Bíblias e Literatura Cristã

Há países como o Vietnã, onde a Bíblia é controlada pelo governo; ou como no Turcomenistão, que o preço da Bíblia é tão alto que poucos conseguem adquiri-las; em outros casos, a palavra de Deus não está traduzida para o idioma local.
Por isso, há ações de distribuição de Bíblias, livros, vídeos, fitas e todo tipo de ferramenta, incluindo itens para jovens e crianças, que possam ajudar os cristãos a conhecer melhor a palavra de Deus.

Distribuição de Bíblias infantis no Vietnã em 2015

 

Treinamento e Alfabetização

A falta de treinamento bíblico é realidade em países como Sudão, Índia e Egito. Recém-convertidos passam a liderar igrejas, mesmo sem conhecimento sobre as bases da fé. Esse problema pode levar a heresias. Além disso, a prática da fé cristã traz a mudança para um estilo de vida que, em geral, é diferente do que é aceito em algumas culturas, o que costuma provocar ódio e violência. É preciso preparar esses cristãos biblicamente. Há treinamentos da Portas Abertas para pastores, líderes, professores de escola dominical, casais etc. Os cursos de alfabetização são fundamentais para que o cristão possa ler a Bíblia por si próprio e ser capaz de permanecer firme na fé.

Treinamento bíblico para jovens no Egito

 

Ações Institucionais

As ações institucionais levam ajuda aos cristãos que enfrentam injustiças e não sabem como se defender. Essas ações incluem: Consultoria Jurídica, Pesquisa e Presença. Elas envolvem pressão junto a governantes e parlamentares, visitas aos presos, distribuição de cartilhas com as leis do país e assessoria jurídica em caso de prisão.

O pastor Behnam Irani, do Irã, passou quase seis anos na prisão por causa de sua fé. Ele foi solto em 2016 e contou com o apoio da Portas Abertas

 

Ajuda Socioeconômica

Em alguns países, especialmente na África e no Oriente Médio, é comum cristãos serem demitidos de seus empregos e impedidos de tentar um novo trabalho quando confessam sua fé em Jesus Cristo. Outros acabam privados de coisas simples, porém vitais, como acesso à água, a cuidados médicos e escola para os filhos, como na Índia. Em países muçulmanos, onde principalmente as mulheres cristãs não podem trabalhar, a Portas Abertas leva treinamento profissional e cursos de alfabetização que as capacitam a sobreviver.

No Iraque, famílias cristãs refugiadas receberam apoio emergencial após perderem tudo o que possuíam, devido aos ataques de grupos extremistas. Mais de 800 mil pessoas foram socorridas, só em 2016, por meio de projetos de ajuda socioeconômica da Portas Abertas

Logo Portas Abertas

Caixa Postal 18.105 CEP 04626-970 São Paulo/SP
+55 11 2348 3330 / 2348 3331 falecom@portasabertas.org.br