Iraque

Houve um aumento de ataques e ameaças contra os cristãos iraquianos em 2013. Grupos terroristas islâmicos, influenciados pelo conflito da Síria, estão crescendo em número. Uma de suas metas é esvaziar o país de cristãos e a situação se agrava pela falta de autoridade do governo. De acordo com uma fonte local, a cada dois ou três dias, um cristão é morto, sequestrado ou abusado. Como minoria, os cristãos são um alvo fácil para os sequestradores. Até mesmo na região curda semi-autônoma e relativamente irrestrita, a situação de segurança dos cristãos está se deteriorando.

Ore:

  • Pelos cristãos de origem muçulmana que, frequentemente, enfrentam oposição de suas famílias e comunidades.
  • Por sabedoria aos cristãos expatriados que são cada vez mais monitorados pelas autoridades.
  • Pelos colaboradores da Portas Abertas que apoiam os cristãos desalojados com aconselhamento de traumas, treinamento e projetos geradores de renda.

Saiba mais