Etiópia

A perseguição na Etiópia se origina em diversas fontes: religiosa, política, tribal e comunitária. A oposição não vem somente de dentro do islã, mas da própria Igreja. Os muçulmanos informam sobre os ajuntamentos de cristãos de origem muçulmana ao governo na esperança de que eles sejam vistos como atividades ilegais. Em contrapartida, a Igreja Ortodoxa Etíope tem dificuldades de se reconciliar com o número crescente de protestantes não tradicionais e com os grupos orientados pela Reforma dentro de sua própria denominação. Alguns cristãos têm experimentado ataques nas igrejas e nas casas, o que os forçam a fugir, resultando na perda de seus empregos e divórcios forçados.

Ore:

  • Pelo trabalho da Portas Abertas ao apoiar viúvas como Lalisa e Buze, cujos maridos foram brutalmente assassinados por sua fé.
  • Pelas igrejas no sul da Etiópia que apoiam os cristãos de origem muçulmana que foram desalojados de suas comunidades.
  • Por sabedoria e coragem aos pastores, para que eles saibam responder à perseguição à luz da Bíblia.

Saiba mais