Arábia Saudita

A liberdade religiosa não existe nesse reino islâmico. Todos os envolvidos em reuniões religiosas não muçulmanas podem ser presos, deportados ou torturados

A prática aberta de qualquer religião que não seja o islã é proibida na Arábia Saudita e a conversão para outra fé é punida com a morte. A maioria dos cristãos é expatriada da Ásia ou da África. Durante 2013, várias comunidades imigrantes cristãs foram invadidas pela polícia e dezenas de cristãos foram detidos e deportados. Cristãos de origem muçulmana correm o risco de serem mortos por honra caso sua fé seja descoberta. Contudo, um número crescente de muçulmanos tem vindo a Cristo e compartilhado sua fé na internet e na TV satélite.

Ore:

  • Desemprego generalizado e descontentamento crescente entre os jovens tornam-se um terreno fértil para os extremistas.
  • Para que mais muçulmanos encontrem Jesus pela TV satélite ou por meio de sonhos e visões.
  • Em 2013, dois homens foram acusados de proselitismo e condenados a centenas de açoites e vários anos na prisão. Ore por sua libertação.

Saiba mais